Páginas

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Diálogos terapêuticos com a dona Rosa

- Meu coração é safado. Só se apaixona por quem não presta, e por quem é impossível.

- É verdade né? E porque será que isso acontece, dona Rosa?

- Ahh minha filha, é karma. É que na outra vida, eu fiz ele sofrer e agora, tenho que sofrer por ele.

- E como faz para esquecer alguém assim?

- Só Deus, Só Deus. Tem que rezar todas as noites. É que quando estamos gostando de alguém assim, nosso caminho fica bloqueado e a gente não consegue enxergar a nossa volta. Isso impede que um outro amor apareça. A gente bloqueia os caminhos. Já até pedi pra Iemanjá pra esquecer dele. Já gosto dele há um ano e meio. Mas já já vou esquecer. É que vai aparecer alguém em breve na minha vida e que vai abrir os caminhos.

- Mas vocês já ficaram juntos alguma vez?

- Já sim, mas não dá certo, não.

- A senhora é casada?

- Faz 12 anos que estou divorciada. Meu marido me colocou um chifre e desde então, estou na luta, cuidando de dois filhos. Eu cuido dos meus dois filhos sozinha.

15 comentários:

regina disse...

Ahhh não!!! Se acomodar com as situações, pensando que devemos passar por ela porque é um "karma"? Não !!! Claro que mts vezes passamos por situações que atraimos prá nós. Pois não damos a oportunidade de outras se aproximarem porque estamos em outra sintonia. Isso mesmo!É preciso reagir as nossas tendências. Vc só atrai prá perto aquilo que desejar. Fuja das tentações!!! Não é fácil, mas esse exercício é um teste para o nosso crescimento.

Érika Pereira disse...

Será mesmo que a gente atrai aquilo que desejamos?
Eu estou tentando atrair uma coisa e ela não vem. Droga!

Jeff_Santos disse...

Acredito que toda ação tem uma reação! Que o pior cego é aquele que não quer ver? Burro é quem não quer aprender! Quando somos novos temos diversas experiencias, tipo o prof que é giro, aquele colega que nem sabe que existimos, mas colocamos na cabeça que amamos, ui, aquele amor arrebatador, que se não for aquela pessoa não será mais ninguem, e que sem elas seremos infelizes para sempre.
Hoje eu penso que tudo isso faz parte do nosso aprendizado na escola da vida, as pessoas vem e vão, o tempo passa e passamos a viver as coisas de outras maneiras. O amore platonico passa a ser real, a expectativa da vida é outra.
Agora eu pergunto; "Porque damos prioridade as pessoas que não merecem"?
Aprendi uma coisa " vou me amar, vou gostar de mim", depois quando eu tiver tudo isso, vou ter o suficiente para dividir com alguem
(Neste caso já tenho), não podemos ter pressa, gana, o obvio esta ali na nossa frente. E eu acho que a dona Rosa não tem amor proprio.

Érika Pereira disse...

Jé, você anda bravo! heheheheh te tá! rsrsrs

regina disse...

Tadinha da D. Rosa, tantas expectativas depositadas numa coisa que não vale a pena... Acho mesmo, que quando se percebe que é um barco furado, melhor descer do que se arriscar a afundar. Não digo que temos que nos acomodar, esperar de braços cruzados que algo aconteça, temos criar meios para que o melhor aconteça. Tudo tem a hora certa de acontecer, mas se estamos focando muito numa situação, perdemos as chances de enxegar alguém que se aproxima. Ultimamente tenho ouvido de muitas pessoas ,que não há alguém bacana disponível. Mas poxa, com tanta gente descontente e a procura, será que não haverá chance de encontrar a pessoa certa? Certa é aquela que compartilha, que te acompanha, nem sempre pensa como vc, mas tb está querendo evoluir,portanto não pode ser alguém acomodado. Não dá prá esperar "principes encantados" que aliás são uns chatos... Mas uma pessoa bacana que goste de conversar, isso não é tão difícil, a não ser que vc vc vai tentar encontrá-la numa balada. Difícil!!! Mas não impossível, aliás o meu parceiro foi "descoberto" numa multidão em uma balada. Acredita? Sorte? Destino? Não sei, apenas estava disponível e não procurava, apenas curtia... Só não deixei a chance escapar...

Jeff_Santos disse...

Que nada só achei que ela precisava ouvir isso!
A Regina fez um coment lá em baixo " Quando tudo termina" e no fim ela disse que; mais cedo ou mais tarde vamos estar sozinhos", se o fim é assim não vale a pena ter alguem??!!!. Não acredito que vou estar sozinho, não é o que eu quero, conheci a minha cara metade na internet! Isso mesmo na NET, e tenho amigos que estão juntos a 8, 9 e 12 anos, e foi atraves da NET que se conheceram.
Eu andei anos posso ser mais exacto 8 anos casado, e não era feliz, mas procurava a minha felicidade já estava cansado, achava que estava condenado ao fracasso. E quando eu menos esperava, quando eu decidi encarar a realidade. Aconteceu, hoje faz um ano que estamos juntos, as pessoas podem dizer, que no inicio tudo é muito bonito, e eu digo; " Namorei muitos anos, depois fui casado. Sei muito bem como é isso, e tambem sei que a realidade que eu vivo é completamente diferente.
Amo mesmo, e sei que sou amado, quando alguem disser " Te amo" olha nos olhos dela. Depois tira as tuas conclusões.

Jeff_Santos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Érika Pereira disse...

Gente, cada um tem a sua opinião. E ninguém está direcionando comentários para alguém específico, Jé! Você não precisa ficar bravo com a Regina. OK?
Pelo amor de Deus, vamos respeitar os outros!

regina disse...

Ops!!! quando disse que no fim ficamos sós, quero dizer, que ng morre grudado no outro. Uns vão na frente e outros atrás, mas morrer juntinho não é o normal... que bom seria!!!

regina disse...

Erika!!! Não se preocupe com as divergências de opniões, elas são importantes, pois não teria a menor graça se todos pensassem da mesma maneira. Tb não achei que que o Jé ficou bravo comigo, apenas não compreendeu quando eu disse que no fim ficamos só. Eu não sou uma pessoa infeliz, descontente com meu parceiro, ao contrário, mas penso que infelizmente não ficaremos juntos na hora da morte, pois um vai primeiro, portanto haverá uma solidão inevitável... Vamos sim, trocar idéias, elas são maravilhosas e devem ser compartilhadas. Adoro essa riqueza de idéias que cada um tem, pois somos todos diferentes, vivendo momentos diferentes, com idades diversas.. Isso é COMUNICAÇÃO!!!
Muito bom ter amigos prá compartilhar de nossas experiências.

Jeff_Santos disse...

Fui mal interpretado, o que eu havia entendido era que; se vamos ficar sozinhos pra que lutar. Foi isso era neste ponto que eu discordava. Só isso, respeito a opinião de todos, cada um tem a sua e é assim a vida. Aprendo muito com tudo isso.
Penso que devemos lutar pela nossa felicidade, as vezes interrogo-me e chego a conclusão que só seremos felizes se quisermos. Só encontramos um amor se quisermos ser amado.
E eu amo voces e a Regina parece ser uma pessoa espetacular. É uma alma do bem.

Regina disse...

Uh uh, alma do bem!!! me senti heim Jé!!! Concordo contigo, "só encontramos o amor se quisermos ser amados". Tem que se amar, prá depois abrir as portas prá que o outro ame vc. Se vc se ama, é pq está disponível para o amor. E tem que se arriscar sim, não podemos nos acomodar com uma união infeliz, pois perdemos a chance de viver experiêcias lindas. Como vc mesmo disse está vivendo uma nova união feliz, isso pq se permitiu encarar a realidade e chutar o balde. Certamente valeu a pena isso é maravilhoso. bjus!!!

Érika Pereira disse...

Ahhh tá!!! Entendi errado mesmo. Inclusive eu achei estranho, porque o Jé é sempre muito bem humorado!
Também te amo Jé! E fico feliz que todos participem dando suas opiniões.

Liliam Silva disse...

Gente, muito drama hein! Mela cueca.... kkkkkkkkkkkkkk Coitada da Dona Rosa, tá no tronco sendo chicoteada pelo povo.... oh povo fofoqueiro....rsrsrsrsrs Nunca imaginei a minha amiga ouvindo as conversas no "busão"....
Falndo sério. Aliás, quase: nós estamos sempre a procura da felicidade. Felicidade a dois. Às x bate aquele desespero de estar só, e de sentir não amado(a). Mas eu tenho aquela frase: " Enquanto não encontro o certo, me divirto com os errados".

Liliam Silva disse...

Além do que, a Dona aí é mãe de dois, e se calhar tá a procurar de uma substituição paterna.