Páginas

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Tudo muda em 24 horas

Um dia eu reclamo que nada se move, no outro, sou capaz de perceber que a cada minuto sou alguém diferente. Esse alguém me irrita um pouco. Por exemplo: percebi que estava com mania de colocar os textos em 1º pessoa, coisa que não gosto. Na realidade o conceito é mais amplo, é como se você quisesse aparecer para dar alguma lição, passar algum ensinamento e meu, pára tudo! Não posso fazer isso!

Mudando de assunto. Abandonei meu emprego! Alguns dizem: “Você é louca!”, outros admiram minha coragem. Não sei o que me espera nas próximas 24 horas. Mas parece que nas 48 anteriores, desde que saí do emprego, muita coisa aconteceu. É como se você abrisse uma gaveta do seu cérebro e resgatasse nela, várias idéias e projetos que um dia pensou e que escreveu, mas ficou para sempre esquecida naquele caderninho de campo.

Como nessa vida nós não somos nada, hoje eu estou freelancer e confesso: é uma vida boa! Eu trabalho dentro do quarto, posso parar para tomar quantas xícaras de café eu quiser e posso parar para ver o Globo Esporte. Detalhe, ainda ganh$ mais!

É claro que seus pais parecem não entender muito. É como se não fosse muito sério, você lá, de pijama na frente do computador. Mas um dia eles entendem (eu espero!).
Bom, vamos mudar novamente de assunto: Não sei o que anda acontecendo, mas eu peguei raiva de algumas coisas. Sabe aquela música “Acho que te amava, agora acho que te odeio”, lembra? É isso que eu estou sentindo. Fiquei triste por desperdiçar tanta energia, tanto tempo... Sentimento é uma coisa meio rara e bonita demais para dar a alguém que não te percebe.

Outra mudança: Faltam menos de quatro meses para o Natal e pela primeira vez em muitos anos eu não terei um décimo terceiro. Isso me deixa preocupada, pois não é fácil passar em frente a Stilleto.

Também não é fácil chegar o Natal e não ter ninguém para presentear. Eu adoro dar presentes e esse ano não há alguém que eu possa dar. É claro que não to falando de família.

Tudo muda, na verdade não em 24 horas, mas em apenas 1 minuto.

18 comentários:

Liliam Silva disse...

Sabe que não gosto de fazer textos em 1ª pessoa, mas sempre escorrego? Pois dps me sinto invadida! Mas fica mais difícil falar de mim, mas imaginar outra personagem. É um desafio!
Vc largou o emprego? Louca! Corajosa tbm! Uma porta se fecha, e novas abrem!
Organize bem os seus dias, e nao fique apenas fechada no seu mundo (quarto), procure sair para ver outras coisas, praticar exercício, ou mesmo como vc citou, fazer coisas k sempre teve vontade e ficava em palno B!

Liliam Silva disse...

13º terceiro... logo se extinguirá! Mesmo aqui já é muito falado k deixará de existir. Espero não estar a retroceder à escravatura! Ou ter k trabalhar numa indústria tipo soviética, ou chinesa, com uma encarregada atrás gritando e me humilhando para ser mais rápida na máquina e ganhar um mísero salário para sobreviver....

Liliam Silva disse...

bem escrevi 13º e...terceiro! lol!!!
Olha, quem sabe com pouco $$$ vc terá mais criatividade ao presentear os entes queridos... e se está preocupada em encontrar alguém especial, falta muitooooo pro Natal. Engraçado que nesta semana falei sobre onde passar o Natal e com quem.... tbm preocupada. Loucura!

Érika Pereira disse...

Nossa, acabei de receber uma proposta de emprego! Ao contrário Liliam, a grana aumentou, pois trabalho como freelancer, estou escrevendo para duas revistas. rsrsr ai ai , que legal

Érika Pereira disse...

Bom, agora tenho que ir porque tenho uma fonte para entrevistar!
bjs

Liliam Silva disse...

ah entao há mt trabalho e salário.... entao vc fez uma escolha boa de imediato!!! é bom saber!!!! e mais uma entrevista...sorte sempre!!!!

Liliam disse...

Hummm temos um novo colaborador!!! Cool =]

Jeff_Santos disse...

He he, tentei resisitir mas tava dificil fui mesmo aliciado!!! O ordenado é muito alto..... Tou a brincar vou adorar escrever aqui com vocês.
Tou a preparar os dedinhos para fazer a capa da revista!
É verdade, Liliam tou de férias e tava pensando em ir até Braga, Gerês, Arcos e etc... Tudo isso depois do fim de semana dos dias 12 e 13-09, como é que são os teus horários? Eu não vou ao Bom Jesus de Braga sem falar contigo.
Bjos.
Bjos e tjá

Jeff_Santos disse...

Acho fantástico mudar-mos, sempre que posso faço uma mudança, não precisa ser drastica. Mudo o estilo da roupa, o cabelo, a aparência, lutei muito e agora mudei a minha atitude. Mudar faz bem, por vezes erramos, odiei mudar de emprego, mas isso é um caso a parte! No inicio custa um pouco, entro no meu casulo, crio planos, invento, faço novos projetos, ouço o hino da mudança e depois BUMMMMMMM estouro e mudo. Vais ver como as coisas vão se encaixar, vai correr tudo bem, ou melhor, parece que já esta! Dei muita risada, "trabalhar de pijama em frente ao computador e ainda ter uma pausa para o globo esporte", meu isso é muito avançado. Eu trabalho de terno e gravata borboleta!
He he.

Liliam disse...

Globo Esporte.... é... essa foi d+ mesmo!!!!
Entao dps do fds 12 e 13, nos dias 15 e 16, terça e quarta tô de folga, aparece sim por Braga. O Bom Jesus é mt gostoso no verão. O centro romano de Braga é mt bonito, dramático, e bem cristão!
É só dar um toking kdo aparecer por cá k posso ser a ciccerone!

Érika Pereira disse...

Isso seus amigos da onça!!! Me façam inveja!
Enquanto vocês passeiam por Braga, eu vou pegar a lotação para o Catiapoã! srsrsrsrsrrs

Liliam Silva disse...

Realmente nada é pra sempre. Nós que idealizamos assim. Esta idéia fica tão forte, que depois para desvincular e olhar pra frente em busca de uma nova felicidade torna-se difícil...mas passa.

Liliam Silva disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkk :D

a que deseja disse...

Engraçado Érika, tb pedi demissão do meu último emprego. Logo, também não terei 13º. Mas não estou nem aí, rs.

O importante é que estou mais feliz agora do que antes e isso é essencial. Ainda posso me dar ao luxo de pensar assim.

Ah, e nada de alguém pra dar presentes no Natal também. Mas a frase "Antes só do que mal acompanhado" nunca me fez tanto sentido.

Mudanças são importantes, afinal, mudamos pra acompanhar o mundo, que também muda. E assim aprendemos mais, mesmo que seja difícil às vezes.

Ano passado eu também estava trabalhando de pijamas, agora não, embora ainda seja freelancer. Tenho um trabalho mas não tenho um emprego, não posso mais parar de trabalhar para dar um megulho na piscina :(

Enfim, adorei o texto. Refletiu mesmo o nosso momento, rs.

Beijos

Anônimo disse...

Ahhh!! Tudo muda em segundos... Não podemos pensar que tudo é eterno, que as coisas devem ficar estáticas... Bem-vinda a mudança!!! Isso nos deixa eufóricos, dá uma vontade de viver cada segundo com mais alegria, pois o inesperado é o combustível da vida. Parabéns pela sua garra, tem mais é que arriscar sempre. Não crie raízes, isso nos limita. Cresça sempre com os obstáculos. Natal?? que data mais louca, só pensamos em presentear nessa época? Não!!! Presenteie dia-a-dia, com pequenos gestos de carinho, com mimos que nos fazem lembrar daquela pessoa nas horas mais inesperadas... Um convite prá um café, uma paradinha em um bar prá uma cerveja gelada, um sorvete na praia.. tantas são as oportunidades que perdemos de conviver prá ser feliz...

regina disse...

Ai que droga, me esqueci de identificar... pronto!!! tô aqui..O comentário acima me pertence.kkk
bjus

Liliam Silva disse...

As x algumas mudanças e decisões nos dão medo de como será. Mas bem decididas e ultrapassado este medo, olhamos para trás com orgulho e até rimos da ânsia do desconhecido. É vdd, o Natal é uma data mais religiosa (pra quem é cristão), ou para estar com a família... os presentes inesperados e criativos são mais emocionantes!

Érika Freire disse...

Engraçado ler um texto depois de um ano e ver vários erros bobos, falta de atenção! #vergonha