Páginas

domingo, 16 de maio de 2010

“O Segredo dos Seus Olhos” (El Secreto de sus Ojos

Olhos vidrados no Segredo
Sabe aquele filme que te deixa com os olhos grudados na telona? Aquele que você até esquece de roubar a pipoca do vizinho? Aquele que você sai do cinema louca para sentar em uma cafeteria, e ficar debatendo o filme horas a fio? Então, fazia tempo que eu não assistia um desses, mas “O Segredo dos Seus Olhos” é exatamente assim.
O filme é uma mistura de gêneros e baseia-se no seguinte enredo: um promotor, após se aposentar, decide escrever um livro sobre um caso ocorrido há 25 anos. Nesta aventura, ele conta com um amigo muito eficiente, mas trapalhão e engraçado. E ainda, há uma supervisora que auxiliam no caso, e que faz o coração do promotor bater mais forte.
Com um roteiro espetacular, o filme argentino é dirigido por Juan José Campanella e ganhou merecidamente o Oscar deste ano como Melhor Filme Estrangeiro. Não só a história é brilhante, mas também a forma que foi feito, cinematograficamente falando. Exemplo disso é uma cena em plano sequência que ocorre no meio do filme em um estádio de futebol.
A narrativa alterna passado e presente, e traz à tona questionamentos sobre vingança, amizade e amor.
Nos momentos finais, há várias coisas bacanas e surpreendentes. É um filme admirável; eu diria obrigatório para os amantes do cinema.
Nota: 10
Publicado no blog da Revista Studio Box

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Crente ou descrente, quem melhor entende?

Pelo que todos podem acompanhar nas notícias actuais de acontecimentos no Mundo, Bento XVI, o Papa da Igreja Católica Apostólica Romana está em visita a Portugal. Ontem, sua comitiva de apoio e o próprio, chegaram por volta das 11h da manhã em Lisboa, onde após foram recebidos pelos representantes maioritários no país incluindo políticos e até jogadores de futebol.
O aparato foi um dos melhores para receber centenas ou milhares de fiéis, portugueses e estrangeiros, muitos jornalistas... enfim, as ruas lisboetas foram limpas e lavadas por mais vezes, carros foram rebocados e havia mais segurança por todo o lado.
Com tantas mudanças em prol de melhoramentos, infelizmente o Papa não conseguiu parar a crise européia, não se juntou ao manifesto da população grega, e não parou o nosso Ministro das Finanças que prevê um aumento do I.V.A. para 1% ou 2%, mais aumentos de impostos (estes eram anunciados após o Natal, mas a "coisa" mudou), a criação de um novo imposto para os trabalhadores creditarem à Segurança Social e o corte no Subsídio de Natal. Aliás, estamos tão bem quanto a Grécia. Espanha e Itália também estão na corda bamba!
Com diversas manifestações antes da visita papal, assuntos como a pedofilia, o abuso de poder e a violência em internatos e colégios católicos, cometidas por padres e monsenhores das igrejas americanas, irlandesas, brasileiras..., o Papa dispôs o seu comentário, mas este foi superficial.
Um estudo de 2005, não sei se um censo, tem uma estimativa que a percentagem de católicos brasileiros rondam por 73,6% e de católicos portugueses 84,5%.
Além de alguns jovens que foram rezar por uma vida melhor, outros participaram de uma sensibilização e distribuíram preservativos. Alguns fiéis acharam a acção provocatória, e agiram com ira. Que é um pecado.
Como sabemos, a Aids teve o seu auge nos anos 80/90, mas esta persiste. Não só em populações miseráveis na África, como em parceiros no Brasil e Portugal, ou mesmo em consumidores de drogas injectáveis. São milhares de mortes. Digo MILHARES! Sendo que a maior parte são crianças de países africanos miseráveis.



Esta é uma realidade, e espero que haja um progresso para desmistificar o uso de contraceptivos, da homessexualidade e do aborto. E é por isso que a Igreja Católica não assina a carta de Direitos do Homem.
http://www.gddc.pt/direitos-humanos/textos-internacionais-dh/tidhuniversais/cidh-dudh.html


Como ser humano, sinto-me envergonhada pela existência da ignorância. Perante o século XXI, onde imaginávamos um avanço tecnológico imenso, o maior avanço não superamos.