Páginas

quinta-feira, 7 de julho de 2011

"É fácil desistir de nossos sonhos"

Em sua coluna de hoje, na Folha de São Paulo, Contardo Calligaris falou sobre o último filme de Woody Allen, "Meia-Noite em Paris" (Eu já assisti e recomendo).

Contardo comentou sobre o desejo do protagonista Gil Pender, de abandonar seu trabalho como roteirista para se dedicar a escrever um romance. Atitude vista pela noiva como algo sem sentido.

O fato é que escrever um romance é um tanto ainda mais sério dentro da vida do personagem. É, na verdade, um sonho que ele vem adiando por causa de seu trabalho em Hollywood, e também por causa da frustração que certamente causaria em sua esposa e sogros que vêem tudo como uma bobagem.

E é exatamente sobre esse ponto que Contardo escreveu mais um de seus incríveis textos. Coloco alguns trechos importantes:

“Todo o mundo acaba desprezando o desejo de quem despreza seu próprio desejo”

“O que emperra a vida de Pender não é seu sonho nostálgico, é o presente. A nostalgia, aliás, é seu recurso para não se esquecer completamente de seus próprios sonhos. É como se, para preservar seu desejo, ele o situasse numa outra época. Mas preservá-lo de quem?

“O fato é que somos complacentes com as expectativas dos outros (que amamos ou não) à condição que elas nos convidem a desistir de nosso desejo. É isso mesmo, a frase que precede não saiu errada: adoramos nos conformar (ou nos resignar) às expectativas que mais nos afastam de nossos sonhos. Aparentemente, preferimos ser o romancista potencial que foi impedido de mostrar seu talento a ser o romancista que tentou e revelou ao mundo que não tinha talento. Desistindo de nossos sonhos, evitamos fracassar nos projetos que mais nos importam”.


“Todos nós, em média, dedicamos mais energia à tentativa de silenciar nossos sonhos do que à tentativa de realizá-los”.


Então, finalizo aqui ainda com a dúvida: quando começamos a ser leais com nós mesmos?

12 comentários:

Lufe disse...

Contardo foi preciso no seu comentário.
É melhor ser aquele que "poderia ter sido" do que aquele que não foi.
Um dia me peguei contando à uma namorada o meu “sonho de ser” e suas implicações. Ela calma e simplesmente me encarou e disse: - E porque não é?
Gaguejei e não soube responder. Eu apenas evitava o fracasso, a frustração.
Com uma perguntinha simples ela desarmou todo o meu “potencial”
Aprendi.
Ah! Fiz o que pretendia e me dei bem.
Ainda bem!

bjo

Érika Freire disse...

Nossa, mas que história bacana, Lufe! É bom saber quando pessoas insistiram! Desarmaram o medo do fracasso e tornaram o “sonho de ser” realidade.

Palavras Vagabundas disse...

Érika,
vim retribuir a visita, não comento o filme pois ainda não o assisti.Mas o trecho que escolheu de Contardo foi precioso e nos leva a reflexão. Fiz o que quis, mas quero fazer muito mais. Aliás escrever era um sonho, que agora realizo.
bjs
Jussara
PS: Me verá mais vezes por aqui.

CEM PALAVRAS disse...

Também vim agradecer a visita e te dizer da vontade que eu estou de ver o filme. O tema dá assunto para longos papos...
beijos

Malu disse...

Vi o filme e li o texto do Calligaris - que gostou de "sonâmbulos", lembra? - ambos ótimos.
Tive grande identificação com o texto, e o comentário do Lufe foi uma grande motivação! Obrigada a todos ... (Wood Allen, Calligaris, Érika e Lufe). E ainda tem gente que pergunta para que serve a arte...

Érika Freire disse...

Maluuu, você voltou! rsrs Uhuuuuu!
Ai, amiga nem me lembre dessa do Calligaris gostar do meu texto. Às vezes acho que foi um sonho rsrsrsrs
O filme é muito bacana, sim. E o texto estava realmente animador.

CEM PALAVRAS disse...

Passando correndo para lhe dar os parabéns por ser uma das vencedoras do Concurso Conto Vidas.
Belíssimo conto, denso, profundo.
Daria um ótimo roteiro para filme.
beijos

Lufe disse...

Érika,

Parabens pela classificação no concurso de contos.
Agora é esperar a publicação do livro.

bjo

Érika Freire disse...

Gente, eu fiquei sabendo por vocês sobre a votação! rsrsr Muito obrigada! Obrigada a todo mundo que votou! beijosss

Lufe disse...

Erika

Voce sabe que tem o direito de publicar mais um conto?
Veja no blog da Elaine.

bjo

Érika Freire disse...

Pois é. Eu recebi um email da organizadora avisando.
Muito obrigada, Lufe.
bjs

Anônimo disse...

[url=http://cialisonlinehere.com/#vfead]cialis online without prescription[/url] - buy generic cialis , http://cialisonlinehere.com/#xjsvd generic cialis