Páginas

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Rota Literária, o recital poético que tem o porto de Santos como tema

Bora lá, gente? Eu já vi e é sensacional!

Evento ocorre neste domingo, às 18h, no Sesc, e tem entrada gratuita

O Sesc Santos apresenta neste domingo (24) o recital poético Rota Literária, que tem a literatura portuária como tema. O espetáculo acontece às 18h, no Auditório, com participação especial do pianista Tarso Ramos. A entrada é gratuita.

O público conhecerá um panorama de cenas literárias escritas ao longo dos últimos 100 anos sobre o porto de Santos. O texto é baseado nos 10 anos de pesquisas do jornalista Alessandro Atanes, autor também das versões musicadas dos poemas. A direção é de Anderson de Oliveira e a realização do espetáculo é do Instituto Artefato Cultural. A empresa Armada Rossi é apoiadora cultural do evento.

Ao som do piano de Tarso e do violão de Alessandro Atanes, duas atrizes cantam, dançam e interpretam poemas que falam do porto e da cidade de Santos. O recital é uma versão para o palco do passeio poético realizado em 2010 pelo canal do estuário de Santos a bordo de uma escuna, e fala do trajeto de poetas que por lá passaram, como Pablo Neruda, Elizabeth Bishop e Blaise Cendrars. Estes grandes nomes da literatura têm algo em comum: todos eles deixaram sobre o maior porto da América Latina impressões que serão revividas neste espetáculo.

No palco navegante, as atrizes Marisa Matos e Cláudia Nascimento fazem as vezes de guias em um passeio que intercala paisagens e letras pelo porto. Não poderiam também faltar menções às obras de escritores de Santos como Roldão Mendes Rosa, Rui Ribeiro Couto e Narciso de Andrade ou dos contemporâneos Flávio Viegas Amoreira, Ademir Demarchi e Alberto Martins. A novidade deste ano é a inclusão também da obra de Madô Martins, jornalista e escritora.

A Rota Literária contribui para a integração porto-cidade através da produção artística, tornando o porto de Santos mais familiar tanto para moradores da cidade como para turistas. Outro objetivo da produção é colaborar para promover Santos como destino de turismo literário. O Instituto Artefato Cultural vem trabalhando para transformar o passeio em um roteiro turístico-cultural da cidade, e está aberto à participação de empresas interessadas em obter benefícios fiscais investindo nesse espetáculo que valoriza a história e a literatura de Santos.

Minha amiguinha Márcia destacou o Rota Literária em sua coluna no Jornal da Orla:

Nenhum comentário: