Páginas

domingo, 27 de novembro de 2011

Uma ideia, um post e muitas histórias


Um comentário no blog. Essa foi a luz que fez acender a ideia para um concurso de contos que começou sem muita pretensão e, hoje, transformou-se no livro “Vidas”, coletânea com 20 novos autores.

“Um dia estava relendo meus textos e vi um comentário dizendo que daria outro final a um dos contos. Pensei que outras pessoas poderiam ter algo a dizer. Daí a ideia foi tomando forma e, de repente, estava lá, sem muito planejamento, motivada principalmente pelo desejo de despertar em meus leitores a vontade de botar o mundo particular de cada um em um texto”, explica a blogueira e idealizadora do projeto, Elaine Gaspareto.

Mais tarde, era hora de colocar o plano em prática e, para isso, bastava um único post em seu blog. A princípio, Elaine achou que receberia um número bem pequeno de inscrições e ficou surpresa quando 69 textos chegaram à sua caixa de email.

Ela e mais três jurados se desdobraram na difícil tarefa de escolher apenas 20. “Depois da seleção, criamos um blog especialmente para o concurso e abrimos para votação popular. Os quatro autores mais votados ganharam o direito de ter mais um trabalho dentro da publicação.

Começava então o processo de tornar o livro realidade. Desde a criação da capa até o lançamento. Elaine contou com a colaboração da editora Digitexto. “Nada disso teria sido possível sem o trabalho da equipe”, comenta.

O que mais impressionou Elaine nos textos enviados foi a pluralidade e coragem de gente que nunca havia se aventurado em um concurso. Como a experiência deu certo, ela já planeja outros projetos. “Quem sabe a gente lança uma edição a cada ano. Com regras bem definidas em termos de estilo, tamanho dos textos, formas de seleção, etc”.

Agora, o livro está pronto e pode ser adquirido pelo site da Digitexto.

“Nosso objetivo nunca foi obter lucro, por isso, estamos mantendo o preço mínimo. Então, tudo o que acontecer de agora em diante será mesmo uma vitória e um aprendizado incomparável”.

Elaine ressalta que a coletânea reúne estilos variados e para todos os gostos. “Certamente ao menos em um conto cada leitor vai se encontrar. Vai rir, vai chorar, vai pensar. E, quem sabe, descobrir dentro de si, também um autor adormecido. Afinal essa é a característica única deste livro: ele foi feito por alguém como eu. Como você”, finaliza.

4 comentários:

Pandora disse...

Grande orgulho fazer parte dessa história... E realmente, confesso que o grande charme do Vidas é isso, é ter sido feito por pessoas comuns que parecem não ter nada para contar, mas que tem muitaaaassss histórias, sonhos, visões de mundo para externarem e só precisam de repente de espaço!!!!

#OrgulhoImenso

Macá disse...

Érika
E foi tudo assim mesmo. E um dia eu vi o lançamento do concurso, ofereci a ela a diagramação do livro, daí fomos conversando e pronto: Lançamento.
Já estamos conversando para novo concurso no início do ano.
beijos

Palavras Vagabundas disse...

Erika,
minha oportunidade de dar os Parabéns pelo livro!
bjs
Jussara

Érika Freire disse...

Obrigada, Jussara!
bjs