Páginas

domingo, 5 de janeiro de 2014

Foi apenas um sonho


Era um sonho. Você dizia: "agora já posso contar que eu te amo”. 


Que fique claro: duvido muito dos “eu te amo”, em excesso, à toa.
Quem conhece as razões do amor? Como Drummond, eu te amo porque te amo. Querer bem e desejar não teriam a mesma importância? 

Um comentário:

Anônimo disse...

Sendo assim?! # eu te amo#