Páginas

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Duas mochilas

Eu tenho mapas guardados, enrolados e rabiscados
Ele calcula rotas e verifica os horários dos trens
Seremos invadidos pelo frio, menos de 10 graus
Mas depois vem uma road trip pelo deserto
Planejo diariamente novos destinos
Porque sei, e ele também sabe que essa é a única saída
De sermos livres para criar novos modelos
Antes disso tudo, passei vários dias por sua janela
Deixei cair respiros. Eu queria que ele acordasse logo
Eu avisei: veja antes aquele poema do Manuel
E ele, obediente, foi lá e fez
Diariamente ele me oferece uma nova perspectiva
E todo anoitecer eu durmo sorrindo
Parafraseio o Eddie: Já te disse que eu preciso de você?
Oh, se eu não disse eu sou uma boba, sabe?


Nenhum comentário: