Páginas

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Amiga da dieta e da academia. Só que não.

A apostila que a nutricionista te deu foi para embaixo da cama em menos de duas semanas. Duas nozes de lanche da tarde é a pura falta de sacanagem. Só pode ser pegadinha do malandro, me mata logo de fome, lazarenta!

Caminhar na praia com os amigos pode ser uma atividade muito prazerosa, desde que você não pare nos quiosques do CPE e peça um X Tudo e uma cerveja.

E por falar em comida... Uma prova de que a academia nunca será sua amiga é quando você sente cheiros enquanto treina, claro, sempre com aquela animação. As pessoas se apertam na salinha do abdominal, a janela aberta traz aquele aroma delicioso e você, quase que sem querer, comenta em voz alta: nossa, que cheiro de churrasco!

Apesar de você frequentar o local há um bom tempo, ainda não decorou o nome dos aparelhos e vive enchendo o saco do professor... esse triceps pulley é qual mesmo? E eu tenho que fazer de verdade essas cinco séries, você acha mesmo que é necessário tudo isso?

Geralmente às segundas-feiras são dias que estou sempre animada. Porém...

-Hoje você vai fazer 40 minutos na esteira, vai pro abdominal, depois volta e faz mais 30 de bicicleta.
No seu pensamento: nem fudendo, seu desgraçado, só porque tu tem essa barriga tanquinho não significa que eu também queira. Vou fugir antes.


Enquanto você faz o stiff, o carinha para do seu lado e parece esperar que você termine seu exercício. Você nota que parou bem embaixo daquele bagulhinho que fica pregado no teto. Você olha pra ele e diz:

- Você vai se pendurar aí?

Todos os meus amigos comentam que eu devia ser obesa porque só penso em comida. Eles estão certo, confesso. Comida é sempre recompensa. Se estou feliz, vou lá e me dou uma barra de chocolate. Se estou triste, faço o mesmo. Depois eu pego e preparo um chá de gengibre, ohww, delícia!

Se quer levar a dieta a sério, fuja da sua mãe: você vai comer só isso?!
Mas depois ela mesmo cobra: toma chá de segunda a quinta e sexta vai beber cerveja.

Não existe coisa pior do que voltar da academia e encontrar aquele filho da puta daquele vizinho marombeiro que não sai do carrinho de lanches que tem na esquina da sua casa.

E o pior ainda é quando você vai até o carrinho de lanche e o infeliz ainda comenta: Ué, olha a academia, heim... Desgraçado é que nem mato.

A parte da academia que eu mais gosto é a esteira, desde que o cara do lado não esteja suando que nem um bode véio e fique tudo respingando em você. #aff

Outra coisa: academia cheia me tira todo e qualquer bom humor. É batata, é só chegar novembro que a galera que viveu de big mac o ano inteiro, se ajoelha, olha pro céu e pede: faz um milagre em mim! Aí eles se matriculam com a quase certeza de que em janeiro estarão iguais a Gisele Bündchen.

O texto tá ficando grande, então, deixa eu correr antes que o brigadeiro queime.

Nenhum comentário: