Páginas

sexta-feira, 11 de março de 2016


É preciso fazer silêncio
Respeitar as escolhas alheias
Deixar ir
Mesmo que doa
É preciso repensar decisões
E ir embora sem dar tchau
As nuvens travaram uma guerra
E ondas me jogaram pra trás
Só que eu levantei sem saber o que fazer
Nem sei dizer mais nada
Talvez porque falei milhões de vezes
Porém nunca foi ouvida
Caso tudo permaneça assim, imóvel
Saiba que sempre sentirei sua falta

Nenhum comentário: